PESQUISE NO SITE
Biografia
Nossa Causa
Notícias
Projetos
Comissões
Agenda
Eventos
Conquistas
Sala de Imprensa
Na Mídia
Fala, Ana Rita
Artigos
Antes X Depois
Com a Palavra...
Áudios
Links
Denuncie
Downloads
Contato

 
Notícias     Imprimir

Lavagem do Bonfim 2018: oito anos sem a presença de animais no cortejo12/01/2018 10:41
Lavagem do Bonfim 2018: oito anos sem a presença de animais no cortejo
Orientação da Saltur é para que animais não participassem da festa

Assessoria 0 comentário          

Em mais um ano da tradicional Lavagem do Bonfim, a vereadora Ana Rita Tavares (PMB) levou uma mensagem de paz entre seres humanos e animais em 2018.

Com faixas e cartazes em punho, protetoras, protetores e apoiadores da causa animal seguiram em direção à Colina Sagrada tendo como tema deste ano, “Esta é a festa que queremos, sem animais!”

Durante os festejos deste ano, quem acompanhou o cortejo, pôde relembrar o tempo em que presenciavam o sofrimento dos jegues, utilizados para puxar carroças com peso excessivo de foliões, bebidas e alimentos, ao longo de 8 km sob o sol escaldante do verão soteropolitano.


Liminar mudou tradição de 222 anos (Foto: Salatiel Trindade) 

Mas, ao lado dessas recordações de um passado cruel, comemoravam mais um ano sem a presença desses animais na Lavagem, em alegre caminhada, com a participação de afeiçoados à causa, fantasiados de bichos estilizados, animados por uma fanfarra de sopro e percussão. 

Em 2011, a então advogada e ativista Ana Rita Tavares - antes da sua eleição para vereadora de Salvador - ajuizou uma ação civil pública a fim de ver a retirada das carroças e jegues do percurso. “A medida resultou em uma liminar que mudou uma tradição de 222 anos, mantida sem qualquer questionamento por parte da sociedade”, observa a legisladora.

Segundo Ana Rita, aquela situação "só levava dor e sofrimento a tantos animais indefesos, em meio a flagrantes maus-tratos praticados por populares, indiferentes à cultura de escravização experimentada por esses seres dependentes totalmente da vontade dos humanos". 

A sensibilidade da defensora dos animais foi sentida também pelo juiz da 6ª Vara de Fazenda Pública, Rui Eduardo Britto. Ele reconheceu que a realidade perversa em desfavor dos animais deveria mudar e atendeu ao pedido da advogada Ana Rita diante das provas juntadas ao processo.


Atualmente, a orientação da Empresa Salvador Turismo (Saltur) é para que animais, como jegues puxando carroças e cavalos usados como montaria não fossem utilizados durante o cortejo. Há oito anos veículos de tração animal não participam da festa.

Saiba mais:
Reportagem do Globo Repórter sobre decisão de juiz em retirar os jegues da Lavagem do Bonfim em 2011


 

 



Notícias Relacionadas

  • Ana Rita Tavares comemora mais uma ano sem a participação de jegues na Lavagem do Bonfim

  • Protetores de animais fazem manifesto na festa de 2 de Julho

  • Projeto que proíbe veículos de tração animal é aprovado na Câmara de Vereadores

  • Ana Rita Tavares comemora quarto ano sem animais na Mudança do Garcia

  • Ana Rita Tavares e ativistas libertam jegue que carregava sobrepeso em carroça


  • ComentáriosComentar Notícia

    Ainda não existem comentários para esta notícia.
    Seja o primeiro a comentar!


      Últimas Notícias

    Lavagem do Bonfim 2018: oito anos sem a presença de animais no cortejo

    Desembargador Augusto de Lima Bispo recebe título de cidadão de Salvador

    Policiais que atuam em defesa dos animais são homenageados em Sessão Especial na Câmara Municipal de Salvador

    Égua morre e burro agoniza após ter ingerido veneno em Piatã

    Mais Notícias



    Mais Lidas

    Protetores de animais pedem serviço de atendimento móvel de urgência em Salvador

    Projeto de Ana Rita, Castramóvel já está pronto para funcionar

    Câmara de Salvador aprova projeto para a criação de hospital público veterinário

    Prefeitos de Salvador e Porto Alegre discutem implantação de Secretaria dos Animais


    Gabinete
    Edf. Sul América - 7º Andar
    Travessa D'Ajuda, 39 - Centro
    Salvador-BA - CEP:40020-030
    Telefone: 71 3320-0297
            

    Assessoria de Comunicação
    (71) 3320-0195